| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Ecopress
Desde: 17/03/2000      Publicadas: 26928      Atualização: 01/12/2009

Capa |  Cadastre-se  |  Eco Watch  |  Eco-Eventos  |  Ecolinks  |  Expediente  |  Newsletller  |  Notícias com Alta Repercussão  |  Notícias com Baixa Repercussão  |  Opiniões  |  Parceria


 Eco Watch

  18/01/2007
  0 comentário(s)


Programas para a Amazônia sofrem corte de verbas de 64%


O Programa Amazônia Sustentável, do Ministério do Meio Ambiente, que engloba três projetos mantidos por doadores internacionais, apresenta neste ano um corte no Orçamento de 64% em relação a 2006. O valor passou de R$ 57,5 milhões para R$ 20,5 milhões.

A explicação do ministério para a redução brutal é dúbia: por um lado, resulta do término do projeto que mais consumia recursos dentro do programa. Por outro, o Orçamento de 2006 é irreal, pois uniria o valor reservado para três anos, não um.

'A grande queda se deve sobretudo ao fim da implantação do sistema de gestão de recursos na Amazônia, projeto de apoio à estruturação de órgãos ambientais regionais. Tanto que a previsão (para o projeto) passou de R$ 44 milhões, no ano passado, para R$ 5 milhões neste ano', diz o secretário-executivo do MMA, Claudio Langone.

Em 2006, o valor realmente gasto no Amazônia Sustentável como um todo foi de apenas R$ 10,9 milhões, ou 18,95% do estabelecido no Orçamento, segundo levantamento feito pela ONG Contas Abertas.

O programa, como o nome sugere, tem o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável dos Estados que fazem parte da Amazônia Legal, de forma a gerar crescimento com a valorização dos recursos naturais fornecidos pela floresta.

É uma bandeira levantada pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, desde o início de sua vida política como líder comunitária no Acre.

Ele é parte de outro maior, o Programa Piloto para Proteção das Florestas Tropicais do Brasil (PPG-7), financiado por países ricos, diz Langone. 'Havia o hábito de jogar a quantia global da doação no Orçamento de um ano. Os R$ 57,5 milhões correspondem a três anos.'

Desprestígio na prática

O PPG-7 tem sofrido críticas dos doadores - Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Japão e União Européia - que pedem resultados mais contundentes do que os apresentados pelo governo brasileiro e reduziram o repasse. 'Internamente falamos em 'PPG-1', pois apenas a Alemanha continua alimentando o programa', afirma Langone.

Ele admite a crise e acredita que uma reformulação das ofertas brasileiras para o PPG-7 trará de volta os grandes doadores ao País. 'Trabalhamos com um novo conceito, não mais de investimento só em projetos piloto, e sim na sua inserção nas políticas de governo.'

Essa inserção seguiria os preceitos do Plano Amazônia Sustentável (PAS), um compêndio de diagnósticos e propostas (como as ofertadas pelos projetos piloto do programa de ação com mesmo nome) para direcionar governos federal e estaduais. Formulado em 2003 com a bênção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e lançado com pompa por ministros e governadores, até hoje carece de prática.

Para o ambientalista Roberto Smeraldi, da ONG Amigos da Terra, as explicações para a queda do Orçamento do Programa Amazônia Sustentável apenas tocam a superfície de um problema mais grave. Este, diz, é um sintoma de que o tema - desenvolvimento sustentável da região - perde sua força dentro do governo federal.

'Que sejam 5, 20 ou 50, é nada. Estamos falando de milhões, não dos bilhões necessários para implantar o desenvolvimento sustentável real na Amazônia', diz Smeraldi. 'O PAS deveria permear um conjunto de ações, como este programa. Mas ele não vingou, é virtual. Falta incorporar a mentalidade nas políticas públicas.' ( Jornal do Meio Ambiente - 18/01/07, às 11h37)



  Mais notícias da seção Amazônia no caderno Eco Watch
24/07/2008 - Amazônia - Manejo sustentável da Orsa Florestal preserva biodiversidade na Amazônia
Experiência de sucesso na exploração ambientalmente responsável de territórios de floresta amazônica nativa faz da empresa um dos principais nomes do segmento no Brasil ...
14/07/2008 - Amazônia - GRILAGEM NA AMAZÔNIA VIRA LEI
Senado aprova MP que legaliza áreas públicas invadidas e estimula a destruição da floresta...
29/09/2007 - Amazônia - Especialistas cobram proteção da Amazônia
Um dia depois de anúncio do presidente Lula, pesquisadores pedem medidas mais radicais ...
09/09/2007 - Amazônia - Brasil lança neste mês novo satélite para monitoramento territorial
Missão é crucial para que o País continue a ter imagens da Amazônia; instrumentos atuais podem parar de funcionar ...
02/09/2007 - Amazônia - Desmatamento aquece Amazônia em até 4C, diz Inpe
Estudo sugere que derrubada de mais de 40% da floresta muda o clima local, disparando o processo de savanização.Simulação em computador mostrou que troca da mata por lavoura de soja pode reduzir chuvas em até 24% no verão no leste amazônico ...



Capa |  Cadastre-se  |  Eco Watch  |  Eco-Eventos  |  Ecolinks  |  Expediente  |  Newsletller  |  Notícias com Alta Repercussão  |  Notícias com Baixa Repercussão  |  Opiniões  |  Parceria


Busca em

  
26928 Notícias


Parceria
 

Projetos Ambientais

 

Artesanato com fibras vegetais do interior do Amazonas tem mercado internacional

 

Desenvolvimento Sustentável

 

Refreando o consumismo

 

Desenvolvimento Sustentável

 

O "papa" do decrescimento

 

Desenvolvimento Sustentável

 

"Decrescendo"....Parte 1

 

Empresas

 

Imagens CST