| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Ecopress
Desde: 17/03/2000      Publicadas: 26928      Atualização: 01/12/2009

Capa |  Cadastre-se  |  Eco Watch  |  Eco-Eventos  |  Ecolinks  |  Expediente  |  Newsletller  |  Notícias com Alta Repercussão  |  Notícias com Baixa Repercussão  |  Opiniões  |  Parceria


 Eco Watch

  26/10/2007
  0 comentário(s)


Governo estuda metas para reduzir desmatamento na Amazônia



A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, disse ontem no Rio que o governo federal começou a discutir metas para reduzir o desmatamento na Amazônia. Segundo ela, porém, isso só poderá ser feito com recursos externos. "Queremos mudar o modelo de desenvolvimento, mas para isso precisamos ser ajudados, até porque a diminuição do desmatamento favorece o planeta inteiro", afirmou.

link ONU divulga relatório sobre a situação ambiental no mundo

É a primeira vez que o governo brasileiro admite alterar sua posição histórica de recusar qualquer meta de controle de suas próprias emissões de gases do efeito estufa. As principais contribuições do País para o aquecimento global são justamente o desmatamento e as queimadas na Amazônia.

Marina participou ontem de reunião com representantes do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), organizada pelo governo do Rio e pela Companhia Vale do Rio Doce. Ela disse que "se é difícil para países ricos mudar a matriz energética, para países em desenvolvimento é difícil mudar os seus modelos de desenvolvimento". "Se nós reduzirmos 100% das emissões e os países ricos não diminuírem 80%, nós seremos igualmente prejudicados e a Amazônia pode virar uma savana", acrescentou.

Na semana passada, foram divulgados dados preliminares do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) que indicam aumento médio de 8% do desflorestamento na região amazônica. "O Brasil inteiro está preocupado com o aumento de 8% no desmatamento da Amazônia", afirmou a ministra. Ela ressalvou, porém, que a taxa caiu nos últimos três anos.

Ainda assim, Marina anunciou a entrada da Força Nacional de Segurança (FNS) em ações de proteção ambiental. "Vamos continuar sem baixar a guarda. O objetivo é o desmatamento ilegal zero."

Quanto à retomada da curva ascendente do desmatamento, ela a atribui à seca prolongada e ao aquecimento do mercado. Para 2008, a ministra acrescenta as eleições municipais como fator que pode levar a taxa para cima - "o nosso teste de fogo".

"Quando a fiscalização foca determinado local, eles espirram para outro. Agora temos um sistema que acompanha. Antes, ficava atirando no escuro", disse. Nos últimos três anos, ambientalistas e analistas disseram que a queda dos preços da soja e da carne ajudaram a manter o corte sob controle - hipótese refutada pelo ministério.

Ontem, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente divulgou relatório que mostra como os recursos naturais estão sendo exauridos. Segundo o documento, o consumo é mais rápido do que a Terra consegue repor. (Ecopress com informações do jornal O Estado de S. Paulo - 26/10/07, às 9h54)



  Mais notícias da seção Amazônia no caderno Eco Watch
24/07/2008 - Amazônia - Manejo sustentável da Orsa Florestal preserva biodiversidade na Amazônia
Experiência de sucesso na exploração ambientalmente responsável de territórios de floresta amazônica nativa faz da empresa um dos principais nomes do segmento no Brasil ...
14/07/2008 - Amazônia - GRILAGEM NA AMAZÔNIA VIRA LEI
Senado aprova MP que legaliza áreas públicas invadidas e estimula a destruição da floresta...
29/09/2007 - Amazônia - Especialistas cobram proteção da Amazônia
Um dia depois de anúncio do presidente Lula, pesquisadores pedem medidas mais radicais ...
09/09/2007 - Amazônia - Brasil lança neste mês novo satélite para monitoramento territorial
Missão é crucial para que o País continue a ter imagens da Amazônia; instrumentos atuais podem parar de funcionar ...
02/09/2007 - Amazônia - Desmatamento aquece Amazônia em até 4C, diz Inpe
Estudo sugere que derrubada de mais de 40% da floresta muda o clima local, disparando o processo de savanização.Simulação em computador mostrou que troca da mata por lavoura de soja pode reduzir chuvas em até 24% no verão no leste amazônico ...



Capa |  Cadastre-se  |  Eco Watch  |  Eco-Eventos  |  Ecolinks  |  Expediente  |  Newsletller  |  Notícias com Alta Repercussão  |  Notícias com Baixa Repercussão  |  Opiniões  |  Parceria


Busca em

  
26928 Notícias


Parceria
 

Projetos Ambientais

 

Artesanato com fibras vegetais do interior do Amazonas tem mercado internacional

 

Desenvolvimento Sustentável

 

Refreando o consumismo

 

Desenvolvimento Sustentável

 

O "papa" do decrescimento

 

Desenvolvimento Sustentável

 

"Decrescendo"....Parte 1

 

Empresas

 

Imagens CST